O ímpio com a boca destrói o próximo, mas os justos são libertados pelo conhecimento. Provérbios 11:9








Data Publicação: 28/07/2018 18:00:03
Profeta Judeu Jeremias: Adonai julga pais, filhos e netos.

O pecado e a idolatria de Judá eram tão graves que o D'us de Israel se levanta para julgar os pais, filhos e netos!

Adonai manda a nação olhar para as nações gentílicas e mostra como os gentios eram fiéis aos seus deuses nulos, mas Judá trocou a glória do D'us de Israel, o manancial de águas vivas, por poços secos que aguardavam a chuva para serem regados!

 

Diz Adonai:

"... Espante céus!!!!..."

"... Eles trocaram a minha glória pelos deuses das nações gentílicas... Deuses de que nada servem, diz o Eterno de Israel, Jeová Tsabaoth...".

 

D'us libertou Israel e Judá para serem livres, mas eles preferiram a escravidão.

A queda do reino do Norte em 722 A.C deveria servir de exemplo para Judá, mas não surtiu efeito e a nação caminhava para o colapso.

Ao invés de se arrepender, Judá preferiu fazer Alianças militares com a Assíria e Egito para se proteger da invasão Babilônica - No entanto, tais alianças trariam mais maldições sobre Judá, porque o Eterno já tinha rejeitado essas nações gentílicas por causa da idolatria.

Judá estava em calamidade nacional!   

Adonai diz que a nação parecia uma dromedária no cio, em busca de um macho para saciar seus desejos idólatras, seguidos de suas práticas sexuais depravadas.

 

Diz Adonai:

"... Eu quebrei seu julgo Judá, para vocês serem livres, mas vocês escolheram serem escravos!...".

"... Plantei-te com uma vinha excelente, mas vocês se tornaram uma planta degenerada...".

 

Silas Anastácio
Evangelista e Expositor Bíblico
JERUSALÉM ETERNA