O ímpio com a boca destrói o próximo, mas os justos são libertados pelo conhecimento. Provérbios 11:9








Data Publicação: 01/07/2018 18:57:03
Profeta Judeu Jonas: Castigo contra Nínive

No capítulo um do livro de Jonas, D'us chama o profeta para profetizar, gritando castigo contra Nínive, porque a maldade da nação chegou até ele.

Diante do declínio espiritual de Israel e Judá, Jonas tem que exercer seu chamado profetizando sobre o maior inimigo de Israel, os Assírios - Uma superpotência militar e econômica, além de serem extremamente cruéis.

O profeta por ser patriota, temia que os Assírios pudessem se arrepender, então ele recusa a atender o chamado.

Jonas foge para a Espanha acerca de 3.200 km ao oeste da Palestina, no entanto, o D'us de Israel usa eventos da natureza para discipliná-lo, trazendo uma grande tempestade e ondas fortes sobre o navio em que ele está.

Diante de um sono profundo, Jonas é chamado pelos tripulantes do navio para clamar ao seu D'us e em seguida eles decidem lançar sortes para descobrir quem está por trás da fúria da natureza; as pedras caem sobre Jonas.

Temerosos, eles querem saber tudo a respeito do profeta e ele explica o que está acontecendo, apresentando o D'us de Israel (Yahweh) a eles.

Diante disto, o profeta diz que a única forma do mar se acalmar, seria lançá-lo fora do navio.

Os tripulantes resistem à ideia, com medo do D'us de Israel castigá-los, por matar um homem inocente, mas depois de falhar todas as tentativas humanas em salvá-lo da morte, eles aceitam lançá-lo e se convertem ao Eterno!

Jonas quando estava próximo de sucumbir por afogamento, um grande peixe o engoli.

 

Silas Anastácio
Evangelista e Expositor Bíblico
JERUSALÉM ETERNA